Divulgação do Show de Gravação CD Flor y Truco
Divulgação do Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Show de Gravação CD Flor y Truco
Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Show de Gravação CD Flor y Truco
Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Gabriel Selvage e Paulinho Fagundes no Show de Gravação CD Flor y Truco
Gabriel Selvage e Paulinho Fagundes no Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Sandro no Show de Gravação CD Flor y Truco
Sandro no Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Cartaz do Show de Gravação CD Flor y Truco
Cartaz do Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Show de Gravação CD Flor y Truco
Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Gabriel Selvage e Lucio Yanel no Show de Gravação CD Flor y Truco
Gabriel Selvage e Lucio Yanel no Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom
Agradecimento no Show de Gravação CD Flor y Truco
Agradecimento no Show de Gravação CD Flor y Truco
press to zoom

De volta aos palcos gaúchos, o violonista Gabriel Selvage realizou o show de gravação do CD FLOR Y TRUCO, interpretando obras de Lucio Yanel, em dezembro de 2015, no Teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa, em Porto Alegre/RS. O show foi uma realização do Ministério da Cultura, com patrocínio da PITT Jeans, produção da DDA Produções e Produção Executiva da STEPHANOU Cultural, do desejo de proporcionar ao público, um contato ao vivo com as obras de Lucio Yanel, um dos maiores mestres da música latino americana, interpretado por este violonista Gabriel Selvage que vem se destacando no cenário musical.

 

A concepção e direção musical do show foi do próprio violonista que é acompanhado pelos músicos: Marcelo Pimentel (percussão), Sandro Cartier (percussão); e participação especial de Lucio Yanel (violão), Paulinho Fagundes (guitarra) e Thiago Colombo (violão). Flor y Truco, Pantanal, Milonga P’á Don Ventura e Por-do-sol são algumas composições que fizeram parte do repertório. O Espetáculo FLOR Y TRUCO foi essencialmente instrumental, com músicas compostas e arranjadas especialmente para essa formação. Os instrumentos de violão e percussão compõem uma intensa trama musical cheia de timbres, ritmos e melodias em constante diálogo, onde o virtuosismo está sempre a serviço da boa música.

 

Este novo trabalho se alimentam da raiz regional do Rio Grande do Sul não abandonando o aspecto histórico musical, com uma roupagem harmônica e melódica, com conceito autoral alicerçado da virtuose de ambos.

 

Fotos: Diogo Zanatta