Arqueologia do Caminho é um projeto de diálogo e de investigação sobre o processo criativo do artista visual Leandro Machado, financiado pelo Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre/RS.

 

O projeto consolidou em livro, exposição visual, além da Ação Cultural na CEAR - Cooperativa de Educação Ambiental e Reciclagem, um encontro com os jovens e adultos que lá trabalham, propondo atividades relacionadas à possibilidade de se pensar e produzir arte a partir de objetos encontrados neste espaço.

 

Dos meios de transporte praticados no contexto urbano - ônibus, metrô, táxi-lotação, táxi, automóvel particular e bicicleta, no projeto Arqueologia do Caminho, Leandro Machado dará preferência à caminhada. Na condição de artista visual o deslocamento em questão apresenta-se também como uma ferramenta, que entre outras coisas, permite vivenciar o espaço público conhecendo a cidade com outro olhar. É neste intuito que Leandro Machado, a partir do projeto Arqueologia do Caminho, traçou sua caminhada em três zonas da cidade de Porto Alegre, porém coletando materiais descartados pelas ruas, que deram corpo ao discurso teórico prático.

 

O desejo de conhecer melhor a cidade de Porto Alegre/RS, ampliando o modo como Leandro Machado vê o local onde nasceu e tem vivido, mostra-se como oportunidade para pensar e propor uma ação artística, uma intervenção. A proposta é realizar o deslocamento a pé por muitos dos espaços da cidade, indo de encontro aos seus habitantes, suas ruas, bairros e vilas. No percurso foi realizado o registro fotográfico e a coleta de pequenos objetos em metal, que irão documentar os encontros realizados, criando esculturas ou/e vestígios através destes objetos coletados.

Fotos de Leandro Machado e Paulo Corrêa

@2016 STEPHANOU Cultural - Todos os direitos reservados.